Secretarias

Desenvolvimento Social

Assistência Social

Serviços CRAS
CADASTRO ÚNICO PARA PROGRAMAS SOCIAIS DO GOVERNO FEDERAL (CADÚNICO): instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, entendidas como aquelas que tem: a) renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou b) renda mensal total de até três salários mínimos. O Cadastro Único permite conhecer a realidade socioeconômica dessas famílias, trazendo informações de todo o núcleo familiar, das características do domicílio, das formas de acesso a serviços públicos essenciais e, também, dados de cada um dos componentes da família. Para acessar os serviços, benefícios e os direitos preconizados pela Política de Assistência Social, é fundamental que as famílias estejam cadastradas no CADÚNICO, pois este é a porta de entrada para os Programas e Serviços Sociais.
 

PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA (PBF): é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País. O Bolsa Família integra o Plano Brasil Sem Miséria (BSM) e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos. A família beneficiária do Programa Bolsa Família, para manter seu benefício, deve cumprir condicionalidades, ou seja, compromissos assumidos pelas famílias beneficiárias do Bolsa Família, nas áreas da Saúde, da Educação e da Assistência Social:

  • Na área de saúde, as famílias beneficiárias assumem o compromisso de acompanhar o cartão de vacinação e o crescimento e desenvolvimento das crianças menores de 7 anos. As mulheres na faixa de 14 a 44 anos também devem fazer o acompanhamento e, se gestantes ou nutrizes (lactantes), devem realizar o pré-natal e o acompanhamento da sua saúde e do bebê. Em Flores da Cunha, este acompanhamento acontece em período bimestral, através de reuniões agendadas com os beneficiários do PBF, as quais acontecem nas Unidades Básicas de Saúde – UBS. Veja cronograma / 2013:
* Centro e Interior - UBS Centro - 06 de agosto e 1º de outubro
* Otávio Rocha - UBS Otávio Rocha - 13 de agosto e 08 de outubro
* Pérola - UBS Pérola - 20 de agosto e 15 de outubro/13
* Nova Roma - UBS Nova Roma - 27 de agosto e 22 de outubro
* União - Escola Tancredo Neves - 03 de setembro e 29 de outubro 

Será disponibilizado atestado de comparecimento à reunião para apresentar à escola.

Mais informações podem ser obtidas na Secretaria da Saúde pelo telefone (54) 3292- 6800.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA O CADASTRO ÚNICO

MUNICÍPIO DE FLORES DA CUNHA – RS

  • Documentação de TODA a Família:

  • Carteira de Identidade

  • Carteira de trabalho (a partir de 18 anos)

  • Título de Eleitor

  • CPF

  • Certidão de Nascimento ou casamento (de toda a família)

  • Se paga aluguel, trazer recibo ou contrato

  • Comprovante de escolaridade (para aqueles que estão estudando)

  • Conta de Água

  • Conta de Luz

  • Folha de Pagamento

  • Número do Benefício (aposentadoria, BPC, outros...)

  • NIS de toda a família (PIS)

 

SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL À FAMÍLIA – PAIF: consiste no trabalho social com famílias, de caráter continuado, com a finalidade de fortalecer a função protetiva das famílias, prevenir a ruptura de seus vínculos, promover seu acesso e usufruto de direitos e contribuir na melhoria de sua qualidade de vida. Prevê o desenvolvimento de potencialidades e aquisições das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo:

- Acolhida;

- Escuta qualificada;

- Entrevista familiar;

- Orientações, acompanhamento e encaminhamentos para as demais políticas púbicas;

- Execução das ações do PAIF;

- CADÚNICO e Programa Bolsa Família;

- Palestras, reuniões, ações coletivas e comunitárias;

- Visitas Domiciliares;

- Ações, campanhas e produção de material informativo;

- Benefícios Eventuais.

 

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS COM CRIANÇAS DE 0 a 6 ANOS: Tem por foco o desenvolvimento de atividades com crianças, familiares e comunidade, com vistas a fortalecer vínculos e prevenir ocorrência de situações de exclusão social e de risco. Durante o serviço de convivência com crianças, busca-se desenvolver atividades de convivência, estabelecimento e fortalecimento de vínculos e socialização centradas na brincadeira, com foco na garantia das seguranças de acolhida e convívio familiar e comunitário, por meio de experiências lúdicas, acesso a brinquedos favorecedores do desenvolvimento e da sociabilidade e momentos de brincadeiras fortalecedoras do convívio com familiares. O trabalho é estendido às famílias das crianças, pois busca-se estabelecer discussões reflexivas, atividades direcionadas ao fortalecimento de vínculos e orientação sobre o cuidado com a criança pequena.

Em Flores da Cunha, o serviço de convivência com crianças acontece semanalmente, tendo como referência um profissional de Serviço Social, uma recreacionista e uma pedagoga.

Quem pode participar: Crianças entre 0 a 6 anos

Profissional de Referência: Assistente Social – Márcia Eliza Borelli

Local – Salão Comunitário:

União: Semanal – Terça-feira 14h às 17h

CRAS: Semanal – Quarta-feira 14h às 17h

Pérola: Semanal – Quinta-feira 14h às 17h

 

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS COM CRIANÇAS DE 6 a 15 ANOS: Tem por foco a constituição de espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia das crianças e adolescentes, a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessa faixa etária.

No município de Flores da Cunha, acontecem três grupos de convivência com crianças e adolescentes, nos quais acontecem atividades de recreação, esporte e lazer. O trabalho é executado por um profissional educador físico, tendo como referência uma Assistente Social, que atua com foco na reflexão acerca dos aspectos pertinentes a esta faixa etária, promovendo estratégias para adoção de comportamentos saudáveis e a prevenção de exposição a situações de risco.

ATIVIDADES ESPORTIVAS E DE DANÇA:

Quem pode participar: Crianças e Adolescentes de 6 a 15 anos de idade

Profissional de Referência: Assistente Social - Márcia Borelli

Local – Salão Comunitário:

Pérola: Semanal – Sexta-feira 13h15 às 15h15

União: Semanal – Sexta-feira 15h30 às 17h30

Cras: Semanal – Sexta-feira 15h às 17h

 

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS COM FAMÍLIAS – OFICINA DE ARTESANATO: Proporcionar apoio psicossocial às mulheres atendidas pelo CRAS, na oficina de Artesanato, sendo este um espaço de escuta, de troca de experiências, de orientação e oportunidade de geração de trabalho e renda, contribuindo assim com a promoção da autonomia, da autoestima e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

No município de Flores da Cunha, acontecem semanalmente, três Oficinas de Artesanato, as quais acontecem nas comunidades do bairro União, Pérola e no CRAS – Centro. As atividades são orientadas por profissional arte-educadora que ensina e estimula as participantes na confecção de peças artesanais em vidro, pano, madeira, materiais recicláveis, além do aprendizado da arte da pintura, customização, arte em E.V.A.; confecção de fuxicos, dentre outros. O SCFV – Oficina de Artesanato conta com a atuação de profissional do Serviço Social, tendo como foco o resgate da função protetiva da família, contribuir com a reorganização familiar, doméstica e financeira, estimular as famílias atendias a construir projetos de vida, auxiliar na busca da autonomia e melhor qualidade de vida, além de promover estratégias de fortalecimento dos vínculos afetivos, familiares e comunitários.

Confira:

Quem pode participar: Mulheres – acima 18 anos de idade

Profissional de Referência: Márcia Borelli

Local – Salão Comunitário:

União: Semanal – Terça-feira 14h às 17h

CRAS: Semanal – Quarta-feira 14h às 17h

 

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS COM IDOSOS – PROJETO SEMEAR: tem por foco o desenvolvimento de atividades que contribuam com o processo de envelhecimento saudável, com o desenvolvimento da autonomia e de sociabilidades, com o fortalecimento dos vínculos familiares e do convívio comunitário, prevenindo riscos e o isolamento social.

No município de Flores da Cunha, são realizados Grupos de Convivência com Idosos – Projeto Semear – em sete comunidades, sendo elas: Alfredo Chaves, Mato Perso, Nova Roma, Otávio Rocha, Pérola, São Gotardo e União. Os grupos acontecem quinzenalmente e contam com a participação de, aproximadamente, 130 idosos. São desenvolvidas atividades culturais, esportivas, de lazer, dança e recreação. As atividades são coordenadas por uma Assistente Social e executadas por professores de dança e educadores físicos.

Confira:

Quem pode participar: Idosos – acima de 50 anos de idade

Profissional de Referência: Jaqueline Triaca

Locais:

Alfredo Chaves: Quinzenalmente Segunda-feira - 14h às 17h

São Gotardo: Quinzenalmente Segunda-feira - 14h às 17h

Pérola: Quinzenalmente Terça-feira - 14h às 17h

Nova Roma (Salão Zuppa): Quinzenalmente Terça-feira - 14h às 17h

Mato Perso: Quinzenalmente Quarta-feira - 14h às 17h

União: Quinzenalmente Quinta-feira - 14h às 17h

Otávio Rocha: Quinzenalmente Quinta-feira - 14h às 17h

 

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS COM BENEFICIÁRIOS DO BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA – BPC: visa à promoção, à inserção e o acompanhamento dos beneficiários e suas famílias nos serviços, programas, projetos e benefícios da assistência social e demais políticas públicas. O serviço acontece em forma de grupo, sendo este um espaço para conscientização e orientação acerca das normas de acessibilidade e direitos específicos dos beneficiários do BPC. As atividades desenvolvidas visam ao protagonismo e à autonomia das famílias na garantia dos direitos com superação das condições de vulnerabilidade social. Objetiva-se estimular as potencialidades dos sujeitos, o desenvolvimento de habilidades e potencialidades, além de prevenir situações de risco e o isolamento social. As atividades são executadas por um profissional Terapeuta Ocupacional e uma Pedagoga. Confira o cronograma:

Quem pode participar: Beneficiários do BPC e seus familiares.

Profissional de Referência: Terapeuta Ocupacional - Deise Campara Lima

Local – Sala 104 CRAS

Quando acontece – Semanal: Sexta-feira

Horário: 13h30 às 14h30

 

SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA NO DOMICÍLIO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E IDOSAS – PROJETO ACOLHER

Público Alvo: Pessoas em situação de isolamento social

Profissionais de Referência: Assistente Social, Terapeuta Ocupacional e Psicóloga.

Descrição: O serviço tem por finalidade a prevenção de agravos que possam provocar o rompimento de vínculos familiares e sociais aos usuários, através de atendimentos domiciliares, realizados por uma equipe multidisciplinar.

Objetivos:
- Prevenir a ocorrência de situações de risco social tais como o isolamento, situações de violência e violações de direitos, e demais riscos identificados pelo trabalho de caráter preventivo junto aos usuários;
- Inserir pessoas com deficiência e pessoas idosas em serviços e oportunidades;
- Promover o acesso aos direitos e aos serviços socioassistenciais e setoriais;
- Desenvolver estratégias para estimular e potencializar recursos das pessoas com deficiência e pessoas idosas, de suas famílias e da comunidade no processo de habilitação, reabilitação e inclusão social;
- Contribuir para resgatar e preservar a integridade e a melhoria de qualidade de vida dos usuários

Sistematização:
1º – Encaminhamento da demanda pela UBS ou Agente de Saúde;
2º - Busca Ativa e Avaliação pela equipe técnica do CRAS;
3º Inscrição do núcleo familiar no CadÚnico;
4º - Desenvolvimento do PDU;
5º - Realização do serviço conforme PDU;

Comentar

Fechar
*Não será divulgado.