Notícias

05/04/2017
  • Educação, Cultura e Desporto

Adiada a palestra com o Jornalista Caco Barcellos

ver galeria de imagens
  A organização do 9º Edição do Fórum Educacional Regional informou na manhã desta quarta-feira, dia 5, que a palestra com o Jornalista e Apresentador da Rede Globo Caco Barcellos foi adiada para o dia 24 de abril. 
 
  O evento que estava programado para acontecer na próxima segunda-feira, dia 10, foi cancelado devido uma viagem repentina que o profissional teve que fazer para o México, onde gravará uma série de reportagens sobre a migração.  
 
 O Fórum Educacional Regional reúne professores, alunos, educadores, pais, entidades e comunidade em geral terá como tema central “Os desafios da educação na formação de jovens empreendedores”.
 
  O evento, que  é uma realização da Prefeitura de Flores da Cunha, através da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, vai ocorrer no Salão Paroquial, às 19h30min, com entrada gratuita.
 
Conheça o Palestrante:
 
   Caco Barcellos, gaúcho de Porto Alegre, é um dos repórteres mais famosos da televisão brasileira, com mais de três décadas de atuação no Globo Repórter, Fantástico, Jornal Nacional e no Profissão Repórter. Ele começou no jornalismo como repórter do jornal Folha da Manhã e teve atuação destacada nos veículos da imprensa alternativa dos anos 70. Foi um dos criadores da Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre e da antiga revista Versus, que apresentava grandes reportagens sobre a América Latina. Se especializou em jornalismo investigativo, documentários e grandes reportagens sobre injustiça social e violência.
 
  Hoje dirige e coordena jovens jornalistas no Profissão Repórter. O programa jornalístico semanal começou como um quadro do Fantástico em 2006 e, depois de algumas edições especiais, conquistou espaço fixo no horário nobre da Rede Globo, todas as terças. O Profissão Repórter registra uma média de 21 pontos de audiência e recebeu o Troféu Imprensa de Melhor Programa Jornalístico em 2008.
 
   Caco Barcellos é o terceiro jornalista mais premiado de todos os tempos, segundo ranking do grupo Jornalistas & Cia. Recebeu o Troféu Especial das Nações Unidas, conferido aos cinco jornalistas que mais se destacaram na defesa dos direitos humanos, nos últimos 30 anos no Brasil. Por cinco vezes foi eleito, pelo site comunique-se, o melhor correspondente internacional e melhor repórter da TV brasileira. Duas de suas obras, ROTA 66 e ABUSADO receberam o Prêmio Jabuti, de melhor livro de não ficção do ano de seus lançamentos. 

Comentar

Fechar
*Não será divulgado.